close

Você já parou para pensar em como a tecnologia e os meios de comunicação evoluíram desde a última década?

Pense no conceito de realidade virtual, por exemplo, apesar de ser um dos assuntos do momento, ele vem sendo estudado e desenvolvido há aproximadamente 60 anos, além de ser utilizado para diversas finalidades.

Antes de tudo é importante entender que realidade virtual (VR) nada mais é do que uma experiência imersiva e sensorial que combina recursos tridimensionais (3D) e dispositivos estereoscópios como óculos e headsets (fones de ouvido), criando um ambiente simulado com efeitos visuais, sonoros e até táteis. Essa tecnologia possibilitou a criação de um “novo mundo” virtual, o Metaverso.

Mas afinal, o que é o Metaverso?

O MetaVerso é um espaço virtual compartilhado criado com tecnologias de realidade virtual e aumentada, ou seja, é possível entrar em um mundo virtual de forma mais imersiva, interagindo com outros avatares (personagens virtuais que representam as pessoas) e ambientes.

Ele começou a ganhar popularidade quando o CEO do Grupo Facebook, Mark Zuckerberg, mudou o nome da empresa para Meta, afirmando que esse “é o próximo passo na jornada de conexões sociais”.

A principal proposta desse espaço é promover a interatividade social, possibilitando que pessoas de todas as partes do mundo possam se conectar e realizar diversas atividades como comprar, trabalhar, entre outras atividades rotineiras, através de um mundo digital, servindo como uma extensão da realidade que vivemos.

O impacto da nova realidade na sociedade

Mesmo em processo de desenvolvimento, o Metaverso tem um potencial imenso, fator que tem sido reconhecido por grandes empresas multinacionais, como Microsoft, Walmart, Disney, entre outras, além de empresas brasileiras como Banco do Brasil, Itaú e Renner. Essas e outras empresas já estão investindo nesse novo mundo, como uma forma de oferecer a seus clientes novas experiências.

No metaverso é possível construir ambientes para praticamente qualquer atividade que realizamos no mundo real, ou seja, os usuários que entrarem poderão visitar mercados, lojas, museus, parques, escolas e formas de entretenimento como cinemas, e muito mais!

Como isso afeta as igrejas?

Esse espaço é uma nova ferramenta de comunicação que tem revolucionado a internet, e da mesma forma como tem sido uma excelente oportunidade para empresas expandirem seus negócios, também traz a possibilidade de alcançar mais pessoas para o reino de Deus.

Diversas igrejas no exterior já têm criado igrejas virtuais dentro do Metaverso para evangelizar, inclusive uma igreja brasileira que realizou seu primeiro culto no dia 13 de abril de 2022, sendo considerada como a primeira igreja brasileira no MetaVerso.

Apesar do assunto ainda ser novidade no meio religioso, não há nada a temer! Os avanços tecnológicos têm proporcionado às pessoas novas formas de conexão, o que auxilia as igrejas a alcançarem pessoas que não podem frequentar pessoalmente, além de oferecer experiências imersivas como ilustrações em 3D de histórias bíblicas, entre outros recursos que podem ser explorados.

Utilizando a tecnologia em prol das igrejas

Talvez sua igreja ainda não tenha condições de entrar no metaverso, mas isso não significa que ela irá ficar para trás.

Ao utilizar a plataforma de gestão da Prover, sua igreja poderá facilitar processos administrativos, financeiros, e muito mais de forma online, otimizando o tempo da liderança para que eles se dediquem mais a membresia!

 

Fale com um de nossos especialistas e saiba como começar!

Receba artigos e materiais gratuitos

Cadastre seu e-mail e receba dicas e artigos para te ajudar a gerenciar seu ministério de forma simples e 100% online.