close

Como líder ou pastor, você já deve ter se questionado sobre como atrair mais jovens ou ter pensado em maneiras de mantê-los animados e engajados na comunidade local, para mudar essa realidade é muito importante que compreenda que o futuro e o crescimento da igreja depende dessa geração e buscar formas de preparo para lidar com a juventude é essencial.

Segundo o livro, “Growing Young: Essential Strategies to Help Young People Discover and Love” (Crescendo Jovem: Estratégias essenciais para ajudar os jovens a descobrir e amar sua igreja), depois de realizar uma entrevista com mais de 1300 jovens, entre 15 e 29 anos, eles concluíram que a maior necessidade do grupo entrevistado é se sentir acolhido e conectado em uma igreja que seja autêntica.

Aqui você encontrará maneiras simples para desenvolver estratégias para lidar com jovens e mantê-los engajados na igreja, são dicas para que você líder ou pastor possa adotar e transformar a vida de pessoas.

Desbloqueie a liderança

É importante a liderança delegar atividades e projetos para que os jovens possam ter oportunidade de se desenvolver em departamentos e ministérios, despertando neles o interesse em servir. 

Nesse momento é muito interessante que a liderança desenvolva um olhar sensível e entenda como direcionar e acompanhar o jovem da melhor forma para algum ministério sem que se sinta pressionado.

Possibilite também que os jovens possam se desenvolver em atividades que se sintam à vontade, seja no grupo de comunicação, auxiliando nas redes sociais, ou então no ministério de louvor, na organização de eventos, etc.

Leia também: Como estimular a criatividade na sua igreja

Tenha empatia

A juventude é uma fase de muitos questionamentos e o papel da igreja nesse momento é criar um ambiente acolhedor de escuta para que os jovens se sintam à vontade para trazer suas dúvidas sem sofrerem julgamentos e críticas. 

Ter um ambiente focado em acolhimento criará o sentimento de que eles podem sempre ter alguém para contar e desabafar quando se sentirem sozinhos e precisarem de ajuda e assim não sairão porta afora.

Leve a mensagem de Jesus

Ao invés de aplicar a mensagem do evangelho em forma de regras, dê aos jovens a oportunidade de conhecer Jesus através do estilo de vida, no modo de agir, baseado em atitudes que possam aplicar no dia a dia, sem que se sintam sufocados. 

Um fator que faz com que muitos jovens tenham aversão a igreja, é a imposição de normas e limitações, transmitir que todas as coisas são permitidas mas nem todas as coisas são saudáveis, é necessário para que o jovem compreenda que a mensagem do evangelho é sobre decisão de agradar a Deus e não punição. 

Alimente o crescimento

Em vez de focar apenas nos cultos de jovens, invista em células ou grupos de discipulados e estudo para que os jovens possam crescer no conhecimento da palavra. Além de ser uma forma de acompanhar o crescimento na fé, é também um momento de criar conexões, compartilhar testemunhos e interesses.

Nesse momento, ter o auxílio de uma plataforma para realizar o acompanhamento da trajetória e desenvolvimento do jovem é primordial. Você pode conhecer mais sobre o módulo de ensino da Prover, através do vídeo abaixo:

Não crie barreiras com o mundo

Esse é um aspecto que pode gerar muitas vertentes, mas é muito interessante iniciar comentando que a igreja também deve debater outros tipos de assuntos que não sejam exclusivamente a fé. É estimulante levantar temáticas relevantes, como questões sociais do mundo, ciência, tecnologia e cultura, para que eles reflitam com base na palavra e de modo geral compreendam que a vida cristã não deve ignorar os problemas que acontecem na sociedade.

Manifestar a ideia que tudo que o mundo oferece é ruim, deixa os jovens despreparados para aquilo que possivelmente podem enfrentar no dia a dia. 

Gostou das sugestões? Compartilhe a sua experiência com a gente.

Receba artigos e materiais gratuitos

Cadastre seu e-mail e receba dicas e artigos para te ajudar a gerenciar seu ministério de forma simples e 100% online.